quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Entrevista do Bill Condon para MTV

Bill Condon, nosso amado diretor de Amanhecer, concedeu uma entrevista à MTV onde fala sobre a parte final dessa história, revelando detalhes sobres os efeitos especiais e ainda revelando o tempo de duração do filme:

MTV’s Fall Movie Preview continua em conjunto com Twilight Tuesday para trazer para vocês imagens novinhas em folha de Breaking Dawn – Part 2. Nossas caprichadas novas fotos apresentam novos vampiros, juntamente com uma imagem digna de desmaio de Edward (Robert Pattinson) parecendo um perfeito cartão postal.

E isso não é tudo, temos uma boa dose dupla de Twilight com alguns detalhes suculentos sobre o filme diretamente do diretor Bill Condon, durante a qual descobrimos o tempo oficial de execução do filme, que cada poder dos vampiros tem o melhor efeito visual e por que o clímax do filme será de tirar o fôlego.

Como você está se sentindo? Em que estágio do processo de pós-produção você está?
Estamos na fase de mixagem e fazendo a marcação de cor e acrescentando o último grupo grande de efeitos visuais, e é aí que fica complicado, porque os [mais desafiadores] sempre ficam pro final, então é apenas ter certeza de que eles parecem tão bons quanto eles podem, essa é a coisa mais importante agora.



Há algum efeito visual que você está particularmente satisfeito?
Oh cara, há tantos e são tão lindos. Eu amo a maneira, é muito assustadora, mas eu amo a maneira que a névoa de Alec parece. Ele tem essa névoa que pode deixar você cego, surdo e mudo, então isso parece realmente bom. Parece como o melhor filme [de horror] da Hammer que você já viu. É um pouco diferente [o tipo de névoa] e tem um tipo de tentáculo que pode pegar você por dentro e todas essas coisas.

Eu estou tão animado para ver todos os poderes! Falei com Mackenzie Foy recentemente, a pessoa mais adorável do planeta, e ela falou sobre como ela se divertiu filmando suas “cenas de poder”.
Eu sei, ela é adorável, né? O poder dela, ela toca alguém e ela pode mostrar o que está na cabeça dela e isso transforma você. Há algumas coisas visuais, mas muito disso é feito através da trilha de Carter Burwell, mas então apenas recentemente na mixagem de Dane Davis, que é um designer de som brilhante, ele fez “The Matrix” e tantos outros filmes, ele fez ela apenas falar e ler poesias e coisas desse tipo, e ele está tranformando isso em centenas de faixas musicais. Você não ouve realmente as palavras, mas isso se torna a vibração da voz dela, é um efeito muito abstrato que eu nunca tinha ouvido antes. É realmente legal.

Nos últimos estágios de mixagem e produção, há algo que durante as filmagens você gostou mas começou a amar vendo na tela?
Há muito disso. Eu diria que o clímax todo, eu sinto que é o maior número musical que eu já dirigi. Isso é sentido, quando você finalmente pega o ritmo certo disso, e torna isso, eu espero, muito gratificante.

Qual foi o maior, o mais movimentado e divertido dia no set?
O maior e mais divertido, apenas por causa da surpresa para o qual eles nos levaram, nós fomos ao mais, mais, mais distante lugar que você poderia nessa arena para obter a maior gravação do campo [de batalha] com os Volturi de um lado e o grupo dos Cullen do outro, e no último take você ouve os Eurythimcs e eles começam a fazer essa dança intimamente coreografada que eles ensaiaram escondidos. Esse foi um grande dia e a maior festa de todas.

Bom, só podemos esperar que isso acabe no DVD.
Eu acho que sim, é.

Você tomou mais alguma decisão sobre a trilha sonora? Você tem tantos músicos no elenco.
Ah sim, isso é interessante. Eu não sei se eu estou permitido a falar sobre isso ainda, mas agora nós finalmente firmamos isso então isso é emocionante.

E quanto ao tempo de execução? Isso ainda é oficial?
Sim. O tempo de execução é uma hora e 56 minutos, um minuto mais curto que o primeiro e como tal, acho que é o mais curto de todos eles.

Nós falamos sobre o maior e mais movimentado dia, o que dizer sobre o momento mais calmo, mais emocional?
Há um monte desses, eu poderia dizer… Eu não quero falar sobre uma cena porque isso é uma surpresa, mas você sabe que, a cena quando Charlie encontra a Bella vampira pela primeira vez e então conhece Renesmee. Este é um filme que realmente só tem uma pessoa plenamente humana, se você considerar Taylor [Lautner] uma criatura mágica, então Charlie é o nosso jeito nessa coisa toda. Se Charlie pode acreditar nisso e entender, acho que o resto do público também pode. Claro, Billy Burke é um ator tão incrível que poder realmente humanizar qualquer momento, então olhando ele e Kristen juntos nessa cena, eu lembro que tudo foi um total prazer nisso.

Ainda é um pouco cedo, mas você planejou um período de férias?
Risos. Minha ideia de férias na praia é ir a New York por duas semanas, só passear e sair. Eu acho que eu farei algo assim.

Que conselho você daria para os fãs sobre como passar o tempo antes do filme sair?
Oh, essa é uma pergunta interessante. Há uma leve surpresa com a trilha sonora. [Eles devem] escutar todos os antigos CDs de todos os compositores [dos outros filmes de Twilight], talvez isso, se atualizar sobre as diferentes canções.
Fonte

Parece que a trilha sonora do último filme nos trará um mix da dos outros. Tio Bill é tão digno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

-Não fale mal de ninguém que já comentou
-Não ofenda as pessoas(atores, cantores, filmes) relacionadas à postagem