quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Bill Condon fala sobre o caso da "traição Robsten" para EW

Nosso amado diretor Bill Condon falou sobre a "traição Robsten", notem as aspas, para a revista Entertainment Weekly, da qual já vimos a capa perfeita. Prestem muita atenção do que ele disse:

Têm sido — vamos só dizer — algumas semanas bem tumultuosas para o Team Twilight. Bella e Edward podem encontrar eterna, imortal felicidade em Amanhecer – Parte 2 (que sai em 16 de Novembro), mas os colegas de elenco e casal (apenas recentemente confirmados), Kristen Stewart e Robert Pattinson estão tendo um tempo muito mais difícil desde que fotografias incriminadoras de Stewart e seu diretor de A Branca de Neve e o Caçador, Rupert Sanders, vieram à tona no mês passado. “Esse fato é, esses atores interpretando papéis, e talvez não seja uma coisa tão ruim que as pessoas se lembrem disso,” Bill Condon conta à EW. “Esses dois atores deram suas almas e corações aos filmes de Crepúsculo, não somente durante as filmagens, mas também por navegarem tão graciosamente toda a vida com aspecto de aquário de peixes do fenômeno. Além disso, eles sempre mostraram muito respeito pelos fãs que fizeram desse filme um sucesso tão grande. Agora é hora de algum desse respeito ser devolvido à eles.”

Mas além desse intenso exame detalhado que a mídia faz nas vidas particulares desses jovens atores, a virada dos eventos também cria um desafio real para a Summit, o estúdio que lança o filme, já que ela se prepara para promover o volume final. Em outras palavras: o que acontece durante uma turnê de imprensa internacional e premiere de red carpet quando os dois grandes astros podem ou não estar se falando? Nancy Kirkpatrick, a diretora de marketing mundial da companhia, conta à EW, “Enquanto é a política do estúdio não comentar da vida particular dos atores, a Summit está se movendo a todo vapor.”

Em tempos mais inocentes (leia-se: há um mês atrás), os astros de Crepúsculo se sentaram para uma entrevista de mesa redonda e falaram sobre o filme, o final da série, e o que eles aprenderam com a experiência de Crepúsculo. Pattinson se maravilha com a imperturbável habilidade de Edward de se manter racional. “É estranho,” ele diz com uma risada. “Durante toda a série é tipo, ‘Hey, esse cara está tentando ser sensível! Vamos pensar nisso.’ E todo mundo está tipo, ‘Vá *****”.
Stewart o pressiona, curiosa para saber o que ele aprendeu por interpretar o papel. “Não seja pragmático. Seja um idiota emocional.”
Fonte

Ai gente, tio Bill é tão digno, anotem e decorem bem o que ele disse, porque isso é um tapa na cara de muita gente que se dizia fã e na primeira oportunidade saiu xingando todo mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

-Não fale mal de ninguém que já comentou
-Não ofenda as pessoas(atores, cantores, filmes) relacionadas à postagem