segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Para ajudar na escola - Biologia

Já faz um bom tempo que não posto nada sobre escola, eu sei, mas eu posto baseado nos meu próprios trabalhos escolares, então estou planejando uma feira de biologia e o meu tema é flores, então aqui vai para vocês um pouco sobre as funções das flores, espero que ajude quem precisa, se você não quer ignore a postagem e passe para a próxima:

A função da flor é mediar a união dos esporos masculino (micrósporo) e feminino (megásporo) num processo denominado polinização. Muitas flores dependem do vento para transportar o pólen entre flores da mesma espécie. Outras dependem de animais (especialmente insetos) para realizar este feito. O período de tempo deste processo (até que a flor esteja totalmente expandida e funcional) é chamado anthesis. As flores ficam idiotas (dentro das arvores) a maior flor encontrada é a flor dimbabu que mede em cerca de 70 metros quadrados.


Muitas das coisas na natureza desenvolveram-se para atrair animais polinizadores. Os movimentos do agente polinizador contribuem para a oportunidade de recombinação genética com uma população dispersa de plantas. Flores como essas são chamadas de entomófilas (literalmente: amantes de insetos). Flores normalmente têm nectários em várias partes para atrair esses animais. Abelhas e pássaros são polinizadores comuns: ambos têm visão colorida, assim escolhendo flores de coloração atrativa. Algumas flores têm padrões, chamados guias de néctar, que são evidentes na espectro ultravioleta, visível para abelhas, mas não para os humanos. Flores também atraem os polinizadores pelo aroma. A posição dos estames assegura que os grãos de pólen sejam transferidos para o corpo do polinizador. Ao coletar néctar de várias flores da mesma espécie, o polinizador transfere o pólen entre as mesmas.


O aroma das flores nem sempre é agradável ao nosso olfato pode ser veneno fatal para as pessoas. Algumas plantas como a Rafflesia, e a PawPaw Norte-Americana (Asimina triloba) são polinizadas por moscas, e produzem um cheiro de carne apodrecida para atrair esses ajudantes.


Outras flores são polinizadas pelo vento (as gramíneas por exemplo) e não precisam atrair agentes polinizadores, tendendo assim a possuir aromas discretos. Flores polinizadas pelo vento são chamadas de anemófilas. Sendo assim o pólen de flores entomófilas costuma ser grudento e de uma granulatura maior, contendo ainda uma porção significante de proteína (outra recompensa para os polinizadores). Flores anemófilas são normalmente de granulatura menor, muito leves e de pequeno valor nutricional para os insetos.


Existe muita contradição sobre a responsabilidade das flores nas alergias. Por exemplo, o entomófilo Goldenrod(Solidago) é frequentemente culpado por alergias respiratórias, o que não é verdade, pois seu pólen não é carregado pelo ar. Por outro lado, a alergia é normalmente causada pelo pólen da anemófila Ragweed(Ambrosia), que pode vagar com o vento por vários quilômetros.

Esper oque tenha ajudado quem precisa desse tipo de assunto. E notem que a 2° foto da flor é a flor da capa do livro Lua Nova, a tulipa ondulada, logo logo farei uma postagem sobre ela.

2 comentários:

  1. Nossa quanta coisa que eu nem sabia.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. E tem muito mais viu, to descobrindo tudo agora também, vou postando aqui a medida que eu for descobrindo rsrsrs

    ResponderExcluir

-Não fale mal de ninguém que já comentou
-Não ofenda as pessoas(atores, cantores, filmes) relacionadas à postagem